Realizar uma reforma em casa quase sempre é um momento muito estressante, por uma série de fatores. Os altos custos, a bagunça, a sujeira, o barulho, a mudança de rotina da família e todas as outras questões que surgem nessa hora causam muito cansaço. Mas esses transtornos podem ser amenizados. 

Neste artigo, trazemos algumas dicas para ajudar você a se preparar para a reforma. Quer saber como? Então, confira e relax!

Faça um bom planejamento da obra

Como em qualquer empreitada que você for realizar na vida, planejamento é fundamental. Ele deve ser o primeiro passo para você sair do aluguel, abrir uma empresa, casar e também para realizar uma reforma em casa. 

Nesse caso, o planejamento deve abordar algumas questões importantes, como cronograma da obra e orçamento disponível. Para isso, antes de começar, é bom responder a alguns questionamentos: quais cômodos serão reformados? Qual o valor disponível para a obra? Desejo trocar o mobiliário? 

Essas e outras perguntas ajudarão você a ter um bom planejamento, o que pode evitar muitas dores de cabeça indesejadas no decorrer da obra. Portanto, não comece uma reforma sem antes se planejar.

Pesquise orçamentos

Esse é um item fundamental para a sua reforma. Afinal, como em qualquer negócio, para pagar um preço justo, é preciso pesquisar. Então, a nossa recomendação é que você faça uma boa pesquisa de orçamentos, tanto dos profissionais que pretende contratar quanto dos materiais que serão utilizados na construção.

Antes de comprar ou assinar o contrato com os trabalhadores, é bom ter em mãos pelo menos três orçamentos, para poder fazer uma boa comparação. Mas lembre-se de buscar sempre pelo melhor custo-benefício. Nem sempre a opção mais barata será a melhor. 

Contrate bons profissionais para a reforma em casa

Os envolvidos na obra terão acesso total à sua casa, conviverão com a sua família e receberão uma boa quantidade de dinheiro pelo trabalho realizado. Por isso, é essencial que sejam pessoas de confiança. 

Além da capacidade técnica, é necessário prestar atenção à postura e às atitudes daqueles que você pretende contratar. A sugestão para não errar nesse momento é buscar indicações com pessoas próximas, como um amigo ou um familiar que já tenha realizado uma reforma e tenha ficado satisfeito com o resultado final. 

Se for o caso, não hesite em pagar um valor mais alto para um profissional com referências. No setor de construção civil, o barato pode sair muito caro, seja por erros de execução na obra que depois precisarão ser reparados, seja por problemas comportamentais dos contratados. 

Compre materiais de qualidade

Não há como fazer uma boa reforma sem investir em materiais de qualidade. Eles podem ser um pouco mais caros, mas são fundamentais se você pretende construir ou reformar. 

Em algumas partes da obra, um produto ruim pode comprometer demais os resultados e trazer prejuízos em médio e longo prazo. É o caso da hidráulica, por exemplo. Um cano de má qualidade pode apresentar vazamentos, infiltrações e outros problemas. Se você morar em apartamento, a situação é ainda mais grave, já que envolve os vizinhos. 

Portanto, pesquise e analise o custo-benefício na hora de adquirir os materiais que serão utilizados na obra. Assim, você consegue comprar de uma marca boa e reconhecida, mas em uma loja que tenha um preço acessível em comparação à concorrência.

Não estoure o orçamento

Você deve estar pensando como não estourar o orçamento, já que mencionamos a importância de prezar pela qualidade dos materiais e dos profissionais contratados. 

Para evitar essa situação, primeiramente, você deve fazer uma análise do dinheiro que pode gastar, calculando se os custos não deixarão uma porcentagem muito grande do orçamento familiar comprometida com a reforma. Depois, pode elencar alguns itens nos quais é possível economizar. 

É o caso do mobiliário, por exemplo. Talvez ele possa ser trocado em outro momento ou você encontre opções um pouco mais baratas. Se a reforma for interna e externa, também é possível fazê-las em momentos separados, para não comprometer financeiramente a rotina familiar. Então, com um pouco de flexibilidade, você faz a sua obra sem estourar o orçamento!

Conte com a colaboração da família

Para enfrentar uma reforma em casa, a colaboração da família é fundamental, especialmente se você tiver filhos. Os adultos ficam estressados com a situação, mas, para crianças, esse período pode ser ainda pior. Portanto, uma boa conversa entre todos é muito importante antes de começar a obra. 

Explique para os pequenos o que ocorrerá e por que a reforma é importante. Também deixe claro que a situação é passageira e que todos devem colaborar. Se você mora sozinho, também é bom ter a cooperação da família, mas de outras formas.

Você pode, por exemplo, ir para a casa dos parentes nos momentos mais críticos da obra, como quando estiverem realizando trabalhos com tinta. Assim, você acaba se estressando menos e não fica exposto a todo barulho e sujeira gerados pela reforma. 

Converse com os vizinhos

Uma reforma pode não ser estressante somente para você, mas também para quem vive perto, especialmente se você mora em apartamento. Portanto, uma boa prática é conversar com os vizinhos, explicar sobre a reforma e dar uma previsão de término. 

Afinal, eles também conviverão com o barulho e a grande movimentação de pessoas na vizinhança. Se puder, prepare alguma receita ou compre um presente para entregar quando for conversar com eles, o que fará com que fiquem menos aborrecidos com os possíveis problemas que podem surgir. 

Além disso, essa medida pode servir para você estreitar laços com os vizinhos. Isso é ótimo, pois ter uma boa relação com eles melhora muito a sua qualidade de vida e pode trazer novos amigos para o seu círculo pessoal. 

Colocando essas medidas em prática, possivelmente a reforma em casa não será tão estressante e traumatizante como é para muitas pessoas. Portanto, organize-se para adotar essas estratégias e enfrentar esse período da melhor maneira possível. 

Leia também revistas digitais especializadas em arquitetura, construção, reforma e decoração. Além de encontrar muitas dicas interessantes, você se atualiza sobre as tendências do setor. 

Conhece outras pessoas que estão pensando em fazer uma reforma em casa ou que já tiveram problemas com isso? Então, compartilhe este texto em suas redes sociais e ajude-as a se prepararem também!