Insatisfação profissional e acomodação podem ser temas espinhosos que chegam a causar mal-estar só de imaginar. Mas precisamos falar sobre eles, seja para não permitir que se apossem das nossas vidas ou para simplesmente superá-los.

Neste artigo, convidamos você a refletir um pouco mais sobre suas metas e objetivos profissionais, sobre sua realização e os caminhos que estão sendo percorridos –– além dos que ainda serão.

Vamos falar sobre expectativas, desconfortos, medo do desconhecido, mercado de trabalho e o que é preciso para buscar uma recolocação profissional em qualquer momento da trajetória. Sente-se confortavelmente, pegue uma xícara de café e vamos começar!

Acomodação e o medo do desconhecido

Não há como negar que ser pego de surpresa ao sofrer um desligamento do atual emprego é assustador, principalmente em um momento em que o desemprego rompe a marca de 12% no país.

Contudo, existe uma realidade ainda mais preocupante e, por incrível que pareça, pouco comentada nas rodas de conversa ou até mesmo dentro de casa: a insatisfação com o atual emprego, acomodação e a vontade de alçar novos voos profissionais.

Muita gente se apega à certeza do emprego estável, dos desafios já conhecidos e da rotina para abafar a frustração de não fazer o que realmente gostaria para justificar o chefe complicado, o dia a dia desgastante ou a falta de qualidade de vida.

Você se identificou com alguns desses cenários? Se sim, está na hora de pensar na história do sapo que, ao encontrar uma lagoa para chamar de sua, se acomoda e nem percebe que a água está esquentando e pode matá-lo.

Fato é que trocar o certo pelo desconhecido exige mais reflexão e planejamento do que propriamente coragem. Organizamos um passo a passo do que é necessário para buscar uma recolocação profissional, com mais segurança e sem precipitação. Acompanhe!

Caminhos para buscar uma recolocação profissional

Lançar-se rumo a uma mudança na carreira não é uma decisão simples, principalmente quando você tem pessoas que dependem de você, como a família. Para ajudá-lo a se organizar para esse momento da sua vida profissional, elencamos 5 itens fundamentais para vivenciar a transição de forma estruturada e mais segura.

Tenha uma reserva financeira

A questão financeira é, quase sempre, o principal gatilho que nos impede de investir em uma recolocação profissional. Afinal, como vou sustentar a família se esse novo emprego não der certo?

Como você já sabe, tomar essa atitude exige planejamento. Por isso, o primeiro passo é organizar-se financeiramente. Avalie os gastos da família, coloque-os em planilhas e veja o que é essencial e o que é supérfluo e pode ser cortado em caso de necessidade.

A partir dessa análise, você saberá o quanto precisa mensalmente para manter o padrão da família. Com isso, é hora de preparar sua reserva financeira.

O ideal é ter uma reserva com a quantia suficiente para arcar com as despesas de 5/6 meses. Esse valor será suficiente para dar a você estabilidade emocional para focar no desenvolvimento da sua recolocação.

Pratique o autoconhecimento

Conhecer-se é indispensável para saber com mais precisão quais caminhos profissionais você deve seguir. E aqui não estamos falando somente de conhecer suas limitações ou habilidades, mas também entender quais são seus objetivos profissionais e pessoais, que rotina melhor se ajusta ao seu dia a dia e os valores cultivados em família.

Aí vai um exemplo: um trabalho que exige viagens constantes pode não ser ideal para você se seu objetivo é ter mais tempo para passar com seus filhos e/ou esposa/marido. Ao mesmo tempo, um cargo de liderança não é o mais indicado caso tenha dificuldades para estar à frente de uma equipe.

Para acertar no caminho, olhe para si mesmo, sem julgamentos ou projeções.

Cultive seu networking

Uma rede de relacionamentos é muito importante para quem quer novas oportunidades profissionais. Essa é hora de resgatar os contatos de faculdade, pós-graduação, cursos e workshops.

Procure estabelecer contato por meio de redes profissionais, como o LinkedIn, e sempre que tiver oportunidade, exponha seu interesse em uma recolocação profissional. Deixe a vergonha em casa e o medo do julgamento enterrado no jardim. Abra-se para o mundo e mostre seu potencial e suas habilidades.

Atualize seu currículo

Seu currículo é seu cartão de visita em uma organização. Por isso, deixe-o sempre preparado para as oportunidades que surgirem. Atualize-o constantemente com os cursos e experiências profissionais.

E não se esqueça de modelá-lo de acordo com o cargo em que você deseja atuar a partir de agora. Dê uma atenção especial ao layout e lembre-se: a primeira impressão é a que fica. É importante, também, atualizar seus currículos virtuais, como no LinkedIn. Lá é o espaço em que os recrutadores poderão conhecê-lo e entender suas habilidades profissionais.

Mantenha-se informado

Você não precisa saber somente sobre o seu mercado de atuação  aliás, é importante que não seja assim. Ficar por dentro do que acontece no mundo, das tendências, oportunidades de negócios, além de fortalecer seu desenvolvimento pessoal ainda aumenta seu vocabulário e argumentação, além de contar pontos durante uma entrevista de emprego.

Existem várias revistas que podem ajudá-lo a se manter informado — e nada de dizer: não tenho tempo de ler revistas, porque com a possibilidade de lê-las online, você pode aproveitar todos os minutinhos de folga para aprender e se atualizar. Veja!

Alguns títulos que não podem faltar na sua biblioteca virtual

Exame

A revista Exame é lida por 91% dos executivos das 500 maiores empresas do Brasil. Organiza todas as informações para você se atualizar sobre economia e negócios e aproveitar as melhores oportunidades que o mercado oferece.

Você S/A

A revista Você S/A é uma aliada para você crescer cada vez mais em sua carreira. Traz tendências, cases, soluções, entrevistas e dicas para você gerir sua carreira com excelência.

IstoÉ Dinheiro

Revista semanal com ampla cobertura nas áreas de Economia, Finanças, Tecnologia e Estilo, a IstoÉ Dinheiro cobre o universo dos líderes corporativos, feita para homens e mulheres que decidem.

Agora que você já sabe quais revistas você não pode deixar de ler para manter-se atualizado, aproveite a oportunidade e assine o GoRead para ter acesso a esses e outros títulos onde você estiver. A plataforma está disponível para iPhone, iPad, Smartphone Android, Tablets Android, Navegador PC ou Mac. Ah, e o primeiro mês é grátis. Não deixe de aproveitar!

Se dinheiro importa, qualidade de vida, realização profissional e alegria de viver também importam — e muito para seu desenvolvimento.

Por isso, em vez de pensar somente nas dificuldades de trocar o emprego que não está satisfazendo seus anseios, avalie o que é preciso para alçar novos voos e alcançar sua recolocação profissional. Sonhe, planeje, invista em você e nas suas potencialidades. Faça suas escolhas para não ser refém de uma vida resultante das não-escolhas.

Quer conhecer mais revistas que vão ajudá-lo no seu desenvolvimento profissional? Confira nossa dicas de 6 títulos imperdíveis para sua coleção!